ATLANTIS, o resort que desafia os seus limites

IMG_6477_Fotor
Os quartos na ponte podem custar até 25 mil dólares

Criado pelo sul africano Sol Kerzner, este resort de cinco estrelas foi inaugurado em 1998, na Paradise Island, nas Bahamas. Mas não se preocupe, porque se não conseguir ir às Bahamas, tem, sempre outro Atlantis no Dubai.

O resort está divido por diversas torres, com comodidades e preços diferentes:

– Royal Tower (no centro do resort com duas torres interligadas)

– Coral e Beach Tower

– The Cove

– The Reef

– The Harborside Resort

IMG_6480_Fotor

. Todo o resort está rodeado por rios, cascadas e piscinas (11 piscinas diferentes, sendo três de crianças).

. Tem duas praias privadas

. Um casino que funciona 24 horas, com diversos tipos de jogos e com mais de 100 mesas de blackjack

. Mais de 30 restaurantes, com destaque para o japonês Nobu

. Tem um gigante aquário com mais de 50 mil espécies de peixes, que podem ser vistos por vários corredores subterrâneos a imitar cavernas, com uma decoração pormenorizada.

IMG_6440_Fotor
Lojas de luxo no resort
IMG_6444_Fotor
Casino

IMG_6473_Fotor

IMG_6490_Fotor

IMG_6660_Fotor

Pode ficar hospedado, mas atenção que não tem tudo incluído, para tal, tem que comprar um pack à parte, ou pode simplesmente ir passar o dia, que foi o meu caso.

Existem três tipos de passes, que são comprados na entrada do resort:

Discover Atlantis Tour – Tem acesso limitado, só pode aceder às áreas comuns, como o casino, lojas e lagoas, mas não pode ir às piscinas, praias, nem ao parque aquático. Custa 42 dólares/adulto

Paradise Island Beach Day Pass – Acesso aos mesmos locais que o passe anterior, mas pode ir também à West Beach e aos habitats marinhos. Mas continua sem poder ir às piscinas e ao parque aquático.

Custa 75 dólares/adulto

Aquaventure Day Pass – Este é o passe mais completo e garante acesso a quase tudo.

150 dólares/adulto em temporada alta (Março, Abril e de Junho até meio de Agosto)

135 dólares/adulto em temporada baixa (Janeiro, Fevereiro, Maio, de Setembro até inicio de Dezembro)

Comprando este passe, pode complementar com a compra do passe para a interação com os golfinhos, 130 dólares/adulto

A minha experiência no Aquaventure Park

Quando delineei a ida às Bahamas, ficou logo estipulado que um dia seria gasto a visitar este parque aquático, isto porque tínhamos visto o famoso “Leap of Faith” no concurso televisivo “Amazing Race” e ficámos impressionados.

Comprámos o passe, fomos levantar toalhas e alugámos um cofre para deixar todos os nossos pertences, porque queríamos explorar o parque ao máximo. O aluguer do cofre foi cerca de 10 dólares.

De fato de banho e máquina fotográfica em punho (infelizmente ainda não tínhamos comprado a Gopro… mas sempre é um motivo para lá voltar!), lá fomos nós à aventura.

A destacar:

– Leap of Faith – Fica no templo maia, este escorrega em queda com 18 metros, que atinge alta velocidade e passa pelo túnel dos tubarões. Confesso que não tive coragem, mas muitos foram mais destemidos que eu.

– Lazy River Ride – Percorre-se todo o resort sentado em boias pelo rio, que apanha correntes e descidas radicais.

– Serpent Slide – Em boia individual ou dupla, desce-se um túnel em alta velocidade, terminando num passeio tranquilo num túnel transparente, rodeado de tubarões.

– The Surge – Desce-se rápidos a partir de uma torre de 36 metros.

IMG_6558_Fotor
O famoso Leap of Faith
IMG_6546_Fotor
Lazy River Ride
IMG_6656_Fotor
The Surge

DICAS:

Foi um dia em cheio, em que se parámos 15 minutos para comer foi muito. Andámos a descobrir o parque das 09h00 às 17h00 e regressámos ao cruzeiro que estávamos a fazer de rastos.

– Alugue um cacifo;

– Meta bastante protetor solar;

– Se não quiser andar descalço, leve uns pés de pato, porque de chinelos fica complicado, com tanto entra e sai nas diversões;

– Com o mapa que oferecem na compra dos bilhetes, trace logo um plano com os locais que não pode mesmo perder. O parque é muito grande e facilmente perde o rumo;

– Se for no pico do Verão ou em época de férias escolares, leve uma dose extra de paciência, porque vai passar muito tempo nas filas à espera;

– Leve uma máquina à prova de água;

– Faça uma refeição leve num dos muitos espaços de refeição disponíveis;

Aconselho todos a passarem um dia neste parque aquático, que deve ser dos melhores do mundo. Se não conseguir ir ao das Bahamas, lembre-se que existe igual no Atlantis no Dubai.

IMG_6583_Fotor IMG_6538_Fotor IMG_6551_Fotor

IMG_6581_Fotor IMG_6531_Fotor